Posts Tagged ‘cinema’

Cinema | Sucker Punch

22/03/2011

Depois de se destacar com os filmes 300, Watchmen e o vindouro Superman – O Homem de Aço, Zack Snyder busca algo além das adaptações, procurando sua voz não apenas visual mais narrativa. Foi assim que nasceu Sucker Punch – Mundo Surreal, seu primeiro longa criado a partir de um conceito próprio.

A trama acompanha Babydoll (Emily Browning), garota que foi confinada em um hospício por seu padrasto, que quer lobotomizá-la. Ela cria um mundo de fantasias para se proteger e, com a ajuda de suas amigas, precisa reunir cinco itens imaginários para escapar de seu destino real.

Além de dois trailers muito bons, o diretor também lançou na web um curta animado sobre o universo bizarro criado por Babydoll:

Sucker Punch – Mundo Surreal estreia no Brasil nesta sexta, dia 25 de março.

Que tal um cinema no ponto de ônibus?

18/02/2011

Essa foi uma ação feita na cidade de Adelaide, na Austrália. Alguns pontos de ônibus foram decorados como salas de cinema clássica para promover o Festival de Cinema de Adelaide.

E não foi só isso! Nos pontos ainda passavam trailers dos filmes que estavam participando do festival. Ou seja, enquanto o ônibus não chega, você assiste um filminho!

A criação foi da Clemenger BBDO.

Via.

MINI vs Monster

17/01/2011

Criado especialmente para os cinemas, a MINI cria filme juntando 3D com slow motion.

Intitulado MINI vs Monster, a marca coloca seus quatro modelos em batalha contra um Monster Truck, que é dirigido pelo veterano Russell Steeley. Isso tudo pra mostrar que o MINI está maior do que nunca, e ainda assim, juntos, possuem apenas 15,52 metros.

O vídeo tem um clima épico e também ganha versões em 2D de 90 (vídeo abaixo), 60, 30 e 20 segundos, que serão disseminadas pela internet e, posteriormente, na TV.

A criação é da agência BSUR, de Amsterdã.

A história do product placement no cinema

13/01/2011

Primeiro, pra quem não entendeu o título, product placement é a forma de inserir mensagens publicitárias de forma sutil – ou não! – no conteúdo de algum programa.

E pensando em mostrar ao mundo como somos bombardeados por marcas através de filmes, que o Filmdrunk compilou dezenas de exemplos de product placement no cinema em um único vídeo.

O vídeo também conta uma breve história da prática, que supostamente começou em 1919, na época do cinema mudo, com o filme “The Garage”, onde aparecia o logo do posto Red Crown Gasoline no cenário. “Wings”, o primeiro filmente a ganhar um Oscar, em 1927, também tinha propaganda, dessa vez da Hershey’s.

E também temos o vencedor na quantidade de product placement: Michael Bay com o filme “Transformers: A Vingança dos Derrotados”, em 2009. O diretor bateu seu próprio record, e mostrou nada menos que 47 marcas no filme.

Via Brainstorm.

Rio | Trailer 2

09/12/2010

Rio, a nova animação em computação gráfica do brasileiro Carlos Saldanha, o mesmo diretor de A Era do Gelo 3, ganhou seu segundo trailer.

O filme conta a história de uma arara azul que deixa o conforto da sua gaiola, no interior do estado do Minnesota, e vai parar no Rio de Janeiro. Além de apresentar os personagens, como o sagui do hip hop, a prévia conta um pouco mais da rotina da arara azul gringa antes de chegar no Brasil, terra de aranhas gigantes e traficantes de animais silvestres!

Rodrigo Santoro, Anne Hathaway, Will.I.Am e Jamie Foxx estão entre os atores que emprestam suas vozes e trejeitos aos personagens. A produção fica por conta de Chris Jenkins e Bruce Anderson. A estréia prevista no Brasil é dia 8 de abril de 2011.

Para relembrar, assista aqui o primeiro trailer.

Enrolados

25/11/2010

A Disney escolheu como 50º desenho animado de sua história, o filme “Enrolados“, que é uma nova versão do clássico criado pelos irmãos Grimm, só que dessa vez com tecnologia 3D de última geração.

“Enrolados” estreia nesta quarta-feira nos Estados Unidos, aproveitando o fim de semana prolongado pelo Dia de Ação de Graças no país. No Brasil a estreia está programada para janeiro.

O desenho é a mais recente obra cinematográfica protagonizada por uma princesa do estúdio de Mickey Mouse, que chega aos cinemas americanos um ano depois do primeiro longa-metragem de animação estrelado por uma princesa negra, “A Princesa e o Sapo”.

Este ano, a Disney retoma o conto da jovem de longos cabelos louros e olhos claros, mas, dessa vez, entrando um pouco no terreno de irreverência da Dreamworks (“Shrek”) e da excelência narrativa da Pixar (“Toy Story”, “UP – Altas Aventuras”).

“Adoramos nossas raízes e o legado dos clássicos da Disney”, explicou à AFP Nathan Greno, co-diretor do filme com Byron Howard. “Alguns de nossos filmes favoritos são os que a Disney fez no passado. Por isto queríamos tanto retomar o melhor destes filmes e incluí-lo em ‘Enrolados’, mas sem voltar ao passado”, completou. “Nós somos ousados”, disse, “queríamos um filme à altura de ‘Cinderela’, ‘Dumbo’ e ‘Pinóquio’, mas dando algo novo ao público”.

O longa-metragem narra a emancipação de uma jovem princesa de cabelos mágicos, sequestrada quando bebê e mantida como refém durante 18 anos em uma torre por seu carrasco, que a cria como filha. Ela finalmente consegue escapar com a ajuda de um homem encantador para descobrir a vida real e o amor. “O coração do roteiro é a busca inicial de uma jovem que tenta encontrar a si mesma”, conta Greno.

A madrasta dos irmãos Grimm vira a vilã na versão da Disney: egoísta, possessiva, obcecada pela morte e mestre na chantagem emocional.
“Se você assiste aos melhores filmes do estúdio, todos têm um pano de fundo obscuro”, destaca Howard. “Cruella (de “101 dálmatas”, 1961) esquartejava cachorros para fazer casacos, uma coisa bastante ruim”.

Além das qualidades narrativas, “Enrolados” se beneficiou das técnicas mais recentes de animação. “O cabelo, na animação digital, geralmente é cortado e sequer chega aos ombros. Portanto era um pesadelo fazer com que o cabelo estivesse em contato com outras coisas”, explica Nathan Greno.

“O desafio era alcançar a semelhança perfeita com uma grande cabeleira”, explica Carlos Cabral, um dos animadores do filme.
Ele também destaca a animação dos rostos, com uma nova técnica capaz de proporcionar “uma ampla gama de expressões, das mais simples até as mais sutis, mas conservando as características da face decidida pelo diretor artístico”.

Uma técnica que também permitiu aos animadores dar aos personagens certas expressões dos atores que dublaram o filme: a cantora e atriz Mandy Moore (Rapunzel) e o ator Zachary Levi (Flynn Ryder).

“O que fazemos é sempre utilizar a imaginação”, declarou à AFP Zachary Levi (dos seriado “Chuck”), a voz de Flint, que rouba o coração de Rapunzel. “Pelo menos nos filmes de ficção existe muitas coisas reais que nos ajudam a construir um mundo. Mas em uma animação é preciso inventar. É um verdadeiro desafio”, conclui.

Fonte: Veja

Senna

11/11/2010

O documentário sobre Ayrton Senna, anunciado em abril de 2009 pela Working Title, produtora conhecida por comédias inglesas desde os tempos de Quatro Casamentos e um Funeral, estréia dia 12 de novembro aqui no Brasil.

O roteiro de Manish Pandey conta a história de Senna a partir do ponto de vista de familiares e de pessoas que estiveram envolvidas profissionalmente com o piloto dentro da Fórmula 1. O longa-metragem dirigido por Asif Kapadia (O Retorno) começou a ser rodado em maio do ano passado, quando completaram-se os 15 anos da morte do piloto brasileiro no Grande Prêmio de Ímola de 1994.

Segundo a Paramount, o filme contém também cenas inéditas de corridas, dos arquivos da organização da F1. Além da cooperação da entidade automobilística, o filme tem apoio do Instituto Ayrton Senna e da família do piloto, morto aos 34 anos de idade.

Confira o emocionante trailer do filme:

Vi no Omelete.

A importância dos primeiros socorros

03/11/2010

Uma ação feita recentemente nos cinemas do Reino Unido chocou os telespectadores! Simplesmente impressionante, essa ação foi criada pela BBH de Londres para St. John Ambulance, com o objetivo de alertar sobre a importância de saber realizar os procedimentos de primeiros socorros.

Um comercial antes de começar o filme, mostra um momento perfeito entre família até uma criança se engasgar com uma pipoca. Os pais, que presenciam toda a cena, não sabem o que fazer. A ação fica mais espetacular quando uma mulher que está na platéia entra no filme para ajudar. A ideia é mostrar como realizar uma ação rápida e simples de primeiros socorros pode ajudar a salvar uma vida. Estudos mostram que cerca de 150.000 pessoas morrem todos os anos devido a essa falta de conhecimento.

A produção do filme “Popcorn” é da Sonny London, com direção de Jeff Labbe.

Vi no Ypsilon2

O Pequeno Príncipe

21/10/2010

O Pequeno Príncipe, consagrado livro do escritor e ilustrador francês Antoine de Saint-Exupéry, vai ganhar mais uma adaptação para o cinema, desta vez em 3D e com a direção de Mark Osborne, conhecido pelo seu trabalho com Kung Fu Panda(2008).

O livro – que vendeu mais de 80 milhões de exemplares no mundo todo e foi traduzido para 180 línguas – já foi levado para as telonas anteriormente e a adaptação mais conhecida é de 1974 que contava com o ator Gene Wilder (A Fantástica Fábrica de Chocolate) no elenco.

Na clássica história um piloto cai no deserto do Saara e encontra um jovem príncipe (originário do asteróide B-612) que decidiu fazer uma jornada ao redor do universo, e caiu na Terra, onde conhece diferentes pessoas e escuta suas histórias.

O longa-metragem tem um orçamento estimado em R$ 104 milhões e  previsão de estréia para 2014.

Star Wars será relançado em 3-D

01/10/2010

Star Wars ganhará uma nova reestréia, desta vez tentando acompanhar a onda de filmes em 3-D. Cada filme levará cerca de um ano para ser convertido em 3-D e serão lançados um por ano.

O primeiro a ser visto nas telonas será Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, o que mostra que os lançamentos acontecerão na ordem cronológica da saga, e não pela ordem que foram lançados no cinema.

Um dos motivos que certamente incentivou George Lucas a relançar os filmes é o crescimento da tecnologia dos televisores 3-D que vem ganhando espaço e se popularizando.

Dica: Omelete.com.br